25 de janeiro de 2012

PREFEITURA DE ITAGUAÍ indefere pedidos de auxílio-transporte

25.1.12

Prefeitura desengaveta pedidos e aparentemente vem negando todos os requerimentos

Pipocam na internet e nas redes sociais relatos de que a prefeitura de Itaguaí está negando a seus funcionários da educação o auxílio-transporte. Os primeiros pedidos desse benefício deram entrada na prefeitura em outubro, porém somente agora, a procuradoria jurídica está emitindo alguma resposta, porém, pelos relatos dos funcionários nas redes sociais e na internet, aparentemente, todos os pedidos estão sendo indiscriminadamente negados.

Gostaria de aproveitar para dizer que temos muitos leitores do blog Cidadania do Porto nas repartições da prefeitura de Itaguaí e essa seria um ótimo momento para os responsáveis pelos processos envolvendo o auxílio-transporte responderem a algumas indagações, como por exemplo: Quais são os critérios para a concessão do auxilio-transporte?

Aos novos concursados da educação, já fica o aviso (!). A lei existe, mais para conseguir o benefício da lei aqui em Itaguaí é complicadíssimo, se algum funcionário da educação conseguiu a concessão do auxílio-transporte, ficarei feliz em corrigir minha postagem, pois até agora, não lí nem ouvi nenhum relato de alguém que tenha conseguido seu benefício, previsto em lei municipal!

Outra postagem sobre o assunto em:

Prof. Danilo Aguiar

O Blog é Administrado por

Licenciado em Geografia (FEUC), Especialista em Geografia do Brasil (FIJ) e Mestre em Ciências Ambientais (USS). Professor de Geografia das redes de ensino do município de Itaguaí e do Estado do Rio de Janeiro. Professor-Tutor da Universidade Anhanguera - Polo de Itaguaí (RJ).

15 comentários:

  1. Que prefeitura louca é essa! Negando direito básico aos seus funcionários?

    ResponderExcluir
  2. Tem que colocar na mídia!! Absurdo!

    ResponderExcluir
  3. itaguai e cidade do porto a que mais cresce no Rio...?
    esse e o slogon...
    e que tem o pior salario...
    e aque tem a pior saúde...
    tem muitas escolas... mais tambem tem muitos funcionarios com salario de fome...
    como um funcionario vai poder comer e pagar as contas com esse salario...e ainda pagar passagem.... olha que a passagem aqui e a mais cara no estado... e ainda aumentou 25%...qual sera o aumento do funcionalismo em...
    Aqui leis quando e para o benificio nao e para ser cumprida...
    AGORA EU LHE FALO AS ELEIÇOES VEM AI...

    ResponderExcluir
  4. O post do amigo anômino aí de cima resumiu muito bem. O que, presumo: ou é briga na justiça ou pagamos do próprio bolso??????????

    ResponderExcluir
  5. Já trabalhei lá, por seis anos e, apesar de ter solicitado (via processo), não recebia um real se quer de auxílio transporte! Era da Secretaria de Saúde, e só recebia insalubridade e adicional por nível técnico. Também acho um absurdo!

    ResponderExcluir
  6. Msmo quem vem de outro municipio não recebe o auxilio transporte? Sou do RJ e sei que a passagem é bem cara?

    ResponderExcluir
  7. -Mas não foi o VEREADOR TONI COELHO que divulgou a Legislação sobre o AUXILIO TRANSPORTE?
    -Não foi ele que incentivou os servidores a dar entrada no Benefício?
    -Com certeza ele vai se manifestar a favor dos servidores, que seguiram a orientação dele. Não é mesmo VEREADOR TONI COELHO?

    CLAUDIA SAAD

    ResponderExcluir
  8. O que mais me deixa triste é saber que entra Governo e sai Governo e nós servidores ficamos prejudicados em todos os sentidos...
    O mais engraçado que quando ele foi de Mangaratiba ele concedeu o cartão de passagem no último ano de mandato e que os servidores de lá tem até hoje.
    Como dizem....a esperança é a última que mor...

    ResponderExcluir
  9. que vergonha senhor prefeito enquanto o senhor anda de carrao os funcionarios nao recebe nem para andar de onibus . esses são os nossos politico. as eleiçoes vem ai não vamos esquecer.

    ResponderExcluir
  10. Também dei entrada no auxílio transporte, eu acho que deve ter sido negado o meu pedido, porque o prefeito deve achar que de Mesquita, onde moro, para Itaguaí, dá pra ir a pé. Ou será que teria outra explicação, já que o salário que ganho, é uma piada.

    ResponderExcluir
  11. PROFESSOR DANILO, ESTA QUESTÃO DE VALE TRANSPORTE E ALIMENTAÇÃO É MUITO IMPORTANTE, CASO DE SOBREVIVENCIA DO SERVIDOR ,POR FAVOR ME RESPONDA:

    OLHA O QUE ESTÁ ESCRITO NA LEI ORGÂNICA DO MUNICÍPIO DE ITAGUAI SOBRE ASSISTÊNCIAS AO FUNCIONÁRIO PÚBLICO, SERÁ QUE NÃO INCLUEM O VALE TRANSPORTE TÃO IMPORTANTE PARA EXERCER NOSSO TRABALHO, EM VISTA DO PREÇO EXTREMAMENTE ALTO DAS PASSAGENS DE TRANSPORTE COLETIVO???? É VERDADE QUE A PREFEITURA NÃO CONCEDE VALE TRANSPORTE E NEM VALE REFEIÇÃO AOS SEUS SERVIDORES?
    ATT.

    Art. 30 - A Lei estabelecerá os planos de cargos e carreiras do servidor público
    municipal, de forma a assegurar aos servidores remuneração compatível com o mercado de
    trabalho, oportunidade de promoção e acesso ao cargo de escalão superior, de crescimento
    profissional, através de programas de mão de obra, aperfeiçoamento e reciclagem.
    Art. 36 - O Município prestará assistência ao servidor, ao inativo, pensionista, e à
    sua família.
    Art. 37 - Entre as formas de assistência incluem-se:

    I - assistência médica, farmacêutica, dentária e hospitalar além de outras
    julgadas necessárias, inclusive em sanatórios e creches;
    II - auxílio para educação dos dependentes;
    III - financiamento para aquisição de imóvel destinado à residência. 2
    Parágrafo Único - Para execução do disposto neste artigo poderão ser
    celebrados convênios com entidades públicas ou privadas.
    Art. 38 - Com a finalidade de elevar a produtividade dos servidores e ajustá-los às
    tarefas e ao seu meio de trabalho, o Município promoverá o treinamento necessário na
    forma de regulamentação própria.
    Art. 39 - A administração municipal estimulará a apresentação, por parte de
    servidores, de sugestões e trabalhos que visem ao aumento da produtividade e à redução de
    custos operacionais do serviço público.

    ResponderExcluir
  12. é verdade, foi indeferido o pedido de auxilio transporte, um absurdo, paga-se mal não tem ticket alimentação, nem mesmo vale transporte, o funcionário quase paga para trabalhar. escravidão?

    ResponderExcluir
  13. As pessoas me perguntam: Onde voce trabalha? Então respondo: Sou funcionário de Itaguaí.E elas dizem: Nossa como voce sobrevive com aquele salário? Não tem nem um auxílio-transporte e de refeição. É uma vergonha. Ainda coloca "A cidade do Porto"

    ResponderExcluir
  14. Bom dia!
    Todos têm que se manifestar mesmo, mas não apenas através da internet e sim, nas ruas de itaguaí, a Constituíção Federal nos dá o direito de greve, pessoal, vamos espalhar pelo municipio informativos (banners, cartazes, panfletos, faixas, etc...) o que puder, vamos nos unir para conseguir-mos os benefícios (transporte e alimentação) e um salário justo. A união faz a força, vamos servidoes de Itaguaí. Robson (robson-leao@ig.com.br)

    ResponderExcluir
  15. conta comigo para isso, e uma sujestão de economia para o municipio mandar todos os contratados,que roubam as cestas basicas e lanches que vem para os projetos, e colocar os cocursados que são,qualificados e honesto até na maneira de ingressar no serviço publico.

    ResponderExcluir

O Blog Cidadania do Porto faz moderação dos comentários, acreditamos na liberdade de opinião, pensamento e expressão. Porém, não podemos autorizar publicação de comentários contendo calúnias, difamações ou informações não-comprovadas. NÃO SERÁ PUBLICADO COMENTÁRIOS ANÔNIMOS quando for citado o nome de uma pessoa ou de uma unidade ou setor da prefeitura, DIRETA ou INDIRETAMENTE, NÃO INSISTAM! COMETÁRIOS contando tais referências deverá constar o perfil válido da pessoa que está escrevendo!

 

© 2011 Blog Cidadania do Porto. Conteúdo para distrubuição Gratuita. Desenvolvido por Templateism

Volta para cima